Pterígio

Pterígio é uma lesão avermelhada que atinge o branco dos olhos, podendo se estender até a córnea. O pterígio evoluído prejudica diretamente a nossa visão.

Entretanto, esta inflamação é benigna, mas pode causar desconforto e provocar visão embaçada. Esse tipo de lesão requer tratamento e, dependendo do caso, cirurgia.

O que causa pterígio?

O desenvolvimento do pterígio está associado à mutação da célula dos olhos, causada pela radiação solar (raios UV).

Outras causas também estão associadas a esse tipo de inflamação, como a síndrome do seco. Normalmente, se desenvolve em pessoas de 30 a 50 anos, por se tratar de uma inflamação silenciosa.

Apesar de poder aumentar de tamanho gradualmente, raramente cobre toda superfície dos olhos.

Quais os sintomas do Pterígio?

O crescimento do pterígio começa no canto dos olhos e, geralmente, não apresenta sintomas no início. Mas quando evolui, algumas sensações podem ser notáveis, como: ardência nos olhos; coceira; sensação de poeira ou queimação nos olhos; olho vermelho.

O pterígio pode evoluir ou estacionar em determinado local do olho. Entretanto, se atingir a córnea, pode provocar alterações na visão, como vista embaçada ou visão dupla.

Como tratar o Pterígio?

O tratamento do pterígio vai depender do tamanho, da evolução e dos sintomas que ele apresenta. Existem dois tipos de tratamento: uso de colírio e cirurgia.

uso de colírio é recomendado quando a lesão causa muita irritação ou vermelhidão.

cirurgia do pterígio é necessária apenas quando o uso do medicamento não alivia as dores e vermelhidão, ou quando o pterígio causa perda de visão.

O procedimento é feito através remoção da inflamação e preenchido com o próprio tecido dos olhos ou enxertos.

Como evitar ter pterígio?

É possível evitar o pterígio, sendo que a incidência dos raios UV é o principal fator para o surgimento dessa lesão.

Portanto, é recomendado o uso diário de óculos de sol contra os raios UV, mesmo em dias nublados. Além disso, o uso de chapéu também é importante para se proteger da luz solar, do vento e da poeira, assim como manter os olhos lubrificados.

Realize consultas regulares com um de nossos oftalmologistas. Assim, ele avaliará e prescreverá o melhor procedimento.

Fonte: Lenscope

Agende sua consulta! (62) 99616-1330