Córnea

A córnea é a camada transparente na frente da íris e da pupila. Ela protege a íris e o cristalino e ajuda a centralizar a luz na retina. É composta por células, proteínas e líquido. A córnea parece frágil mas é resistente. No entanto, é muito sensível ao toque.

Os distúrbios da córnea incluem os seguintes:

  • Ceratopatia bulbosa
  • Úlcera da córnea
  • Ceratite por herpes simplex
  • Herpes zóster oftálmico
  • Ceratoconjuntivite seca
  • Ceratocone
  • Ceratomalacia
  • Ceratite ulcerativa periférica
  • Ceratoconjuntivite flictenular
  • Ceratite pontilhada superficial

As doenças ou lesões da córnea podem causar dor, lacrimejamento e diminuição da nitidez da visão.

Uma lâmpada de fenda, instrumento que permite ao médico examinar o olho em alta resolução, normalmente é usada para examinar a córnea. O médico pode prescrever colírios que contenham um corante chamado fluoresceína, que temporariamente colore áreas da córnea onde as células estão lesionadas, facilitando a identificação dessas áreas.

Como identificar problemas na córnea?

É importante procurar o oftalmologista desde os primeiros meses de vida para avaliação da visão. Tanto na infância quanto na adolescência, os pais devem ficar atentos quanto a possíveis queixas de cansaço visual, sensação de embaçamento e ofuscamento da imagem ou até mesmo visão dupla, mau rendimento dos filhos na escola e sempre que estiver sentindo desconforto intenso nos olhos. O diagnóstico precoce de qualquer problema é muito importante para o sucesso do tratamento, seja pela interrupção ou pelo atraso na progressão da doença.

Como cuidar bem da córnea?

Os cuidados com os olhos são sempre muito importantes em qualquer situação, assim como o diagnóstico precoce de algum problema para a realização de um tratamento bem-sucedido.

No caso do ceratocone, algumas atitudes na rotina podem ajudar a prevenir e até mesmo evitar o desenvolvimento da doença. Pessoas com hábito de coçar os olhos possuem mais chances de desenvolver a doença, portanto esse hábito deve ser evitado. Proteger os olhos com óculos escuros, pois a luz, seja do sol ou outros tipos de radiação, causa sensibilidade, proporcionando o desenvolvimento da doença. O tratamento para o ceratocone inclui o uso de óculos, lentes de contato e cirurgias e, por fim, o transplante.

A úlcera de córnea pode ser causada por infecção por bactérias, protozoários, fungos ou vírus, ou pela ação de uma substância química. Pode, ainda, ser causada por pequenos traumas e pela existência de corpo estranho no olho. As lentes de contato também exigem atenção porque, se não forem bem higienizadas, podem irritar ou contaminar os olhos. Para prevenir complicações, deve-se lavar bem as mãos antes da manipulação, evitar o uso de lentes de contato enquanto dorme e o uso excessivamente prolongado. Manutenção inadequada e descuidos com a desinfecção podem contribuir para o surgimento do quadro patológico, mesmo nas lentes novas.

Além disso, as infecções nos olhos devem ser tratadas prontamente. Para evitar acidentes e queimaduras nas córneas, os olhos devem ser bem protegidos ao utilizar substâncias ácidas e alcalinas, também presentes em produtos de limpeza doméstica. Trabalhadores que utilizem produtos químicos devem utilizar equipamentos de proteção individual adequados.

Fonte: Manual MSD / http://portalms.saude.gov.br

Agende sua consulta! (62) 99616-1330